Teresa Crisanta Pillado: “Imagino uma recuperação do idioma graças às crianças. Gostaria, mas penso que realmente é possível”

Valentim Fagim entrevista Teresa Crisanta Pillado, nova sócia da AGAL, de Ponte Vedra, atualmente é estudante em Filologia e quer enveredar pela tradução semiótica interartística. Acha uma verdade o galego ser internacional e que a chave táctica são as crianças.

Continuar a ler

Javier Maria López : “Com o galego não temos só uma parte de uma numerosa população que partilha idioma, mas uma expressão particular e cultural desse sentir comum”

Valentim Fagim entrevista Javier Maria López, professor de música no ensino secundário: não gosta de usar a palavra útil quando se fala de línguas, sempre sentiu respeito polo reintegracionismo ainda que no ambiente galeguista onde se movia o sentir fosse menos simpático, gostaria que a consideração social do galego fosse bem diferente em 2030.

Continuar a ler

David Álvarez: “O futuro é das novas gerações. É uma grande notícia que exista a possibilidade de que nas escolas o estudantado entre em contacto com a variedade portuguesa”

Valentim Fagim entrevista David Álvarez, vigués, contatou com o esquema reintegracionista na Alemanha, o seu TFM vai focar a implantação, real, da ILP Valentín Paz Andrade. É fã da Através Editora.

Continuar a ler

Abrahan Bande Paz : Imagino uma Galiza construída a partir de iniciativas locais, sustentáveis, colaborativas, democráticas e justas”

  Abrahan nasceu no antigo concelho de Canedo, hoje Ourense, estudou Ciências Políticas e rumou primeiro para Dublim e depois para Barcelona onde há uma comunidade galega cada vez mais vibrante. É o motor do Atlas das nações sem Estado na Europa que a Através publicará no verão. Julga que…

Continuar a ler