porquemepeta : “acreditamos em que estamos a tempo de mudar esta tendência, pensamos que cada vez há mais falantes “conscientes” e pais e maes que escolhem o galego como língua materna para os seus filh@s”

Valentim Fagim entrevista os promotores de “por que me peta!“, iniciativa com que um grupo de pessoas de Ourense decidiram celebrar o Dia das Letras de 2018, rendendo uma homenagem e fazendo uma festa em honor e agradecimento a todas as nenas e nenos que falam galego.

Continuar a ler

Arturo Novo Velo : “Quanto mais passa o tempo e mais competência vou adquirindo na nova ortografia, mais castelhana acho a outra”

Valentim Fagim entrevista Arturo Novo Velo, Neo-escrevente de âmbito rural. Quando pensava que já percorrera o caminho do galeguismo e já pensava que estava mais ou menos alfabetizado em galego, começou a dançar com a questão da norma e descobriu o reintegracionismo.

Continuar a ler

Jéssica Azevedo: “Feminizar de verdade seria ter uma alta percentagem de mulheres ao mando, dar-lhes uma oportunidade para que possam demonstrar do que são capazes”

Valentim Fagim entrevista Jéssica Azevedo, brasigalega, estuda na Faculdade de Filologia um mestrado de Estudos de Género. Tem um fraco para meditar sobre feminismo, galeguidade e discurso pós colonialista.

Continuar a ler