Apresentação na Livraria Pedreira de ‘Bolcheviques’

O 1 de fevereiro às 20:00 horas, na Livraria Pedreira apresentou-se a publicação conjunta Através-Xerais, Bolcheviques/Bolxeviques.

 

Participaram Teresa Moure (coordenadora do livro), Joel R. Gômez e Justo Beramendi (autores de dous artigos do livro), Xosé Antom Serém (Através Editora) e Manuel Bragado (Xerais).

img-20170201-wa0004

Bolcheviques 1917-2017 (Através ) / Bolxeviques 1917-2017 (Xerais)
bolcheviquesbolxeviques
O primeiro lançamento de Bolcheviques 1917-2017 foi na livraria Pedreira, em Compostela, e a ele assistiu um grupo de mais de vinte pessoas num dia de pré-temporal. 

Apresentou Teresa Moure, os editores falamos um bocadinho e agradecemos à Teresa a ideia e a coordinaçom e aos autores o seu contributo. Às duas editoras pareceu-nos interessante a parceria feita.

Teresa Moure falou da génese do livro e de como chegou a bom termo. Comentou-se ademais que o livro é um achegamento ao fenómeno bolchevique na Galiza para conhecê-lo melhor, que nom se tratava nem dumha homenagem nem dumha condena, e que assim aparece na pluralidade de vozes que conformam os dous volumes, com 23 contributos. As e os autores provenhem ou do mundo da investigaçom ou da militáncia em organizaçons marxistas, e cuidou-se que houvesse contributos de mulheres e de homens. 

Falárom ademais Joel Gômez e Justo Beramendi, que explicárom os seus contributos. O primeiro sobre o relacionamento de Guerra da Cal co PCE nos anos da República e o segundo sobre as bases económicas da Revoluçom Russa em relaçom às ideias marxistas.

Os trabalhos estão assinados por Justo Beramendi, Xosé Manuel Carril, Oriana Méndez, Víctor Santidrián, Xoán Carlos Garrido, Julio Prada, Uxío-Breogán Diéguez, Francisco Rodríguez, Anxo Angueira, Antón Dobao, Natalia Poncela, Xosé Manuel Outeiriño, Rebeca Baceiredo, Mauricio Castro, Margarida Corral, Aurora Marco, Dionisio Pereira, Eliseo Fernández, Mario Regueira, Joel Gômez, José Emílio Vicente, Xosé Mexuto, Carlos F. Velasco e a própria coordenadora, Teresa Moure.

Depois desta apresentação em Santiago, estão previstos novos atos noutras cidades galegas. A próxima semana: em Pontevedra e depois A Corunha, Vigo e Ferrol.

img-20170201-wa0006

[starbox]

Deixe uma resposta