porquemepeta : “acreditamos em que estamos a tempo de mudar esta tendência, pensamos que cada vez há mais falantes “conscientes” e pais e maes que escolhem o galego como língua materna para os seus filh@s”

Valentim Fagim entrevista os promotores de “por que me peta!“, iniciativa com que um grupo de pessoas de Ourense decidiram celebrar o Dia das Letras de 2018, rendendo uma homenagem e fazendo uma festa em honor e agradecimento a todas as nenas e nenos que falam galego.

Continuar a ler

Rute Pallares : “Perante a situação grave em que se encontra a língua galega em todo o país e, sobretudo nos contextos urbanos, surpreende-nos não haver mais iniciativas deste tipo em muitos outros lugares”

Entrevistamos Rute Pallares, integrante da AMPA do CEIP Paraixal e uma das organizadoras das I Jornadas de Língua, que decorrerão no centro o 11 de maio.

Continuar a ler

Teresa Pilhado : “Em Através publicamos também o que não se publica em outras editoras por não fazer parte do tão endogâmico sistema cultural galego “

Entrevistamos Teresa Pilhado, a nova co-diretora da Através, que reveza Antom Serém. No PGL quisemos entrevistá-la para conhecer a sua perspetiva da editora e dar a conhecê-la aos leitores e leitoras da Através.

Continuar a ler

Paulo Fernández Mirás : “gostaria de falar de recuperaçom da língua, mas dependemos de que a gente acorde e veja para onde nos levam as políticas atuais”

Valentim R. Fagim entrevista Paulo Fernández Mirás. Começou a falar em galego porque o cliente sempre tem a razom. Atualmente é um feliz estudante de Filologia galego-portuguesa na Corunha onde o seu TFG (trabalho fim de grau) está focado na poesia de Carvalho Calero, de quem é um admirador.

Continuar a ler